Programa da Paróquia

sexta-feira, 23 de março de 2018

A Igreja vive e alimenta-se da vida que Jesus entrega por nós

25 de março de 2018 | Domingo de Ramos

E às três horas da tarde, Jesus clamou com voz forte: «Eloí, Eloí, lemá sabactáni?».Que quer dizer: «Meu Deus, meu Deus, porque Me abandonastes?». Alguns dos presentes, ouvindo isto, disseram: «Está a chamar por Elias». Alguém correu a embeber uma esponja em vinagre e, pondo-a na ponta duma cana, deu-Lhe a beber e disse: «Deixa ver se Elias vem tirá-l’O dali». Então Jesus, soltando um grande brado, expirou.
Cf. Mc 14, 1 – 15, 47

Jesus morre na cruz. A Igreja vive e alimenta-se da vida que Jesus entrega por nós. Em cada paróquia da nossa Diocese, é a mesma vida que nos une e reúne na fé. Há 100 anos que acolhemos juntos esta vida que celebramos, de um modo particularmente intenso, nesta Semana Santa.

Um desafio para viver em família
Coloca uma imagem de Jesus na tua cruz. Para nós cristãos, a Semana Santa é a mais marcante de todas as semanas: acompanhamos Jesus no caminho da sua morte e ressurreição. Procura viver estes dias participando nas celebrações de quinta e sexta-feira santa, e na vigília pascal ou na missa do domingo de Páscoa.

Para rezar: Nós Vos louvamos ó Deus, nós Vos bendizemos, ó Senhor, pela nossa Igreja diocesana de Leiria-Fátima e pelo amor com que a conduziste ao longo destes cem anos após a sua restauração. Nós Vos agradecemos pela vida que ofereceste por nós, ao Pai, na cruz. Ámen.
Da carta pastoral do Sr. Bispo (nº 9): A paróquia é uma comunidade de fiéis onde se gera a fé no dia-a-dia da vida das pessoas, onde se vive a alegria da comunhão e da participação na vitalidade da comunidade cristã. É a Igreja enraizada num lugar, presente no meio das casas dos homens, mais próxima à vida das pessoas: “a família de Deus, como uma fraternidade animada pelo espírito de unidade”. Porém, não é uma ilha ou feudo isolado e autossuficiente. É antes uma célula viva da Igreja diocesana; por isso mesmo, só encontra a sua plena realização na comunhão com ela.

Sem comentários:

Publicar um comentário