Programa da Paróquia

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Calvaria é convidada a passar a Porta Santa

SINAL DA BUSCA DE UMA VIDA NOVA
23 DE OUTUBRO, 17h

No próximo domingo, dia 23 de outubro, pelas 17h, teremos a peregrinação da nossa paróquia da Calvaria, juntamente com as outras paróquias da nossa Vigararia da Batalha, à Porta Santa da Sé de Leiria. A passagem da Porta Santa é um dos sinais significativos do Jubileu da Misericórdia, “onde qualquer pessoa que entre poderá experimentar o amor de Deus que consola, perdoa e dá esperança” (Papa Francisco).

No contexto deste Ano da Misericórdia que estamos a viver, o Papa Francisco convidou cada cristão a fazer a sua peregrinação à Porta Santa como sinal do acolhimento da Misericórdia de Deus. A passagem da Porta é um sinal da passagem para uma vida que quer deixar para trás o pecado para abraçar o amor misericordioso de Deus. Como afirma o nosso Bispo, D. António Marto, “a passagem pela porta santa é uma etapa de um movimento de saída de casa e de si mesmo para se pôr ao caminho em busca de Deus e de vida nova”.

Etapas da Peregrinação à Porta Santa
A vivência deste momento será marcada pelo encontro com quatro grandes sinais misericórdia: o Batismo, pelo qual Deus manifesta a sua misericórdia tornando-nos seus filhos; a Reconciliação, sacramento da misericórdia que nos purifica do pecado e nos lança para o abraço do Pai; o dom de Maria, Mãe de Jesus, que Ele, no alto da cruz, nos oferece como nossa Mãe, para nos acompanhar com a sua ternura e misericórdia; e a Eucaristia, na qual acolhemos Jesus Cristo, Ele que é “o rosto da Misericórdia do Pai” (Papa Francisco).
A passagem da Porta Santa e a peregrinação por estes sinais da misericórdia terminará com a celebração da Eucaristia, na qual acolhemos Jesus Cristo que nos convida a ser “Misericordiosos como o Pai” (lema deste Jubileu da Misericórdia), exprimindo-o na vivência das obras de misericórdia que o Papa convida a redescobrir.

Cristo, Rei da Misericórdia
O Ano da Misericórdia termina a 20 de novembro de 2016, na celebração da solenidade de Cristo Rei do Universo: “naquele dia, ao fechar a Porta Santa, animar-nos-ão, antes de tudo, sentimentos de gratidão e agradecimento à Santíssima Trindade por nos ter concedido este tempo extraordinário de graça“ (Papa Francisco). Esta será uma oportunidade para vivermos, em vigararia, este desafio do Santo Padre. Façamos todos os possíveis por participar nesta celebração que começa no exterior da Sé às 17h e termina com a Missa às 18h30.

Sem comentários:

Publicar um comentário