Programa da Paróquia

sábado, 10 de dezembro de 2016

És mesmo Tu? Como posso reconhecer-Te?


11 de dezembro de 2016 | 3º Domingo do Advento
Leituras | Comentário | Avisos | Boletim

João Baptista, na prisão por não temer dizer a verdade, manda emissário a Jesus: «És tu Aquele que há-de vir ou devemos esperar outro?» E a resposta que lhe levam de volta é feita de «sinais»: os gestos, a ação, a presença, o anúncio de Jesus são os «sinais» da presença do «Reino de Deus» já no meio dos homens, de que falavam as profecias...

A dúvida de João leva-o a procurar. Talvez esperasse um «messias» diferente… Mas não se fecha nas suas ideias pré-estabelecidas, está aberto à novidade de Deus. Pelos sinais, pode reconhecer que, de facto, Jesus é Aquele que ele, João, vem anunciar e mostrar já presente.

Os «sinais» de Jesus continuam atualmente presentes e dão a possibilidade, a quem, como João, se abre à novidade de Deus, de reconhecer em Jesus o Messias. Quantos, ao encontrar-se com Ele, têm um novo olhar para a vida… Quantos caminham com novo impulso, se curam do pecado e de tudo o que nos retira da verdadeira vida… Quantos, acolhendo a mensagem de Jesus, se abrem à relação e à comunhão, à reconciliação e ao perdão… Quantos encontram sentido para a vida na ressurreição… Quantos encontram na Palavra que é Jesus uma boa nova que preenche de esperança, de confiança, de amor, os limites da nossa pequenez...

Felizes, diz Jesus, são aqueles que não encontram n'Ele motivo de escândalo, mas são capazes de acolher o Messias tal como Ele é, de O acolher e de O seguir na aventura de um vida vivida no Amor...

Sem comentários:

Publicar um comentário