Programa da Paróquia

sábado, 12 de outubro de 2019

Acolher e agradecer a presença de Deus

13 de outubro de 2019 | 28º Domingo do Tempo Comum
Leituras | Comentário | Avisos | Boletim

É Jesus quem nos pode restituir a beleza da vida: Ele, que cura os dez leprosos, é quem tem a capacidade de nos purificar das nossas «lepras» - se o caminho de uma vida bela, bem vivida, feliz e cheia de sentido, é fruto das nossas opções pessoais, não deixa de ser também um dom a pedir constantemente: «Jesus, Mestre, tem compaixão de nós», pediram os leprosos. A mesma oração confiante podemos e devemos nós mesmo fazer. A «cura» é um dom gratuito de Deus que pega na nossa vida e a enche da sua graça, para que ela, de facto, tenha graça ao ser vivida.

O caminho da fé é feito de acolhimento e de agradecimento: é parte da «boa educação» saber agradecer, agradecer porque a vida é feita na relação, e o que somos e temos é fruto de um esforço conjunto em que tanto recebemos dos outros, e tanto recebemos de Deus! Sabermos olhar, com verdade, para o que somos e temos, e sermos agradecidos pelos dons que em cada dia, enchem a nossa vida de «pequenos nadas» que a tornam bela. O texto do Evangelho é também um convite a educar o olhar para ver o belo e agradecer por isso. E quando temos um olhar capaz de ver as «curas», o belo que nos rodeia, quando somos agradecidos, a vida ganha cada vez mais «graça»!

Sem comentários:

Publicar um comentário